Equipamento para Actividades de Inverno.

Publicado a 19/10/2009, 21:47 por Panda Reguila   [ atualizado a 15/12/2011, 13:33 ]
Para que uma actividade de Inverno e com frio possa correr bem, é fundamental que todos se mantenham quentes e confortáveis durante toda a actividade.

Isso implica manter sempre quentes e secos os pés, o tronco, a cabeça e as mãos.

Por isso, não te esqueças de levar: gorro, luvas e cachecol, casaco polar (um ou dois) e um impermeável forte e resistente à água e ao vento, e finalmente umas botas impermeáveis com dois pares de meias bem quentes.

Para dormir é necessário ter equipamento adequado, se o teu saco cama não for preparado para o Inverno, leva contigo uma manta polar. E não te esqueças do colchonete pois o frio que vem do chão é sempre mais difícil de isolar.

Leva contigo um cantil com uma bebida açucarada e um baton para o cieiro. E come com frequência, por exemplo barras de cereais com frutos secos. Pois, queimar calorias ajuda a aquecer.

Algumas dicas para quem vai ter actividades com frio:

Para que uma actividade de Inverno e com frio possa correr bem, é fundamental, que todos se mantenham confortáveis durante toda a actividade. E isso implica manter sempre quentes os pés, o tronco, a cabeça e as mãos.
Para tal é necessário ter equipamento adequado. No entanto o excesso de roupa pode ser prejudicial, aumenta a transpiração e impede os movimentos.

Os Pés
Em primeiro lugar é necessário dispor de um calçado resistente ao frio e à água. Este calçado é sempre um bom investimento para os pais, umas boas botas que são utilizáveis durante todo o Inverno, garantem ao jovem escuteiro uma comodidade óptima quer durante as actividades, quer durante o tempo de escola.
Existem diversos materiais que proporcionam botas impermeáveis, mas com uma respiração ajustada e saudável, mantendo uma adequada higiene dos pés. O mais popular é o Goretex.  A escolha por um calçado mais caro, pode ser compensada pela aquisição de um calçado um ou dois números acima, prolongando o seu tempo de utilização, mas a protecção que proporciona por si só é uma razão suficiente.
É importante também que sejam calçadas meias resistentes e que garantam a manutenção dos pés quentes (coisas que as meias do uniforme não fazem). Nas lojas da especialidade, poderemos adquirir meias adequada ao inverno e para temperaturas mais baixas, e que substituem muito bem as meias oficiais.

O Tronco
Em segundo, lugar é necessário dispor de agasalhos adequados para o tronco. É impossível participar com alegria numa actividade, quando se tem frio, além dos perigos que tal situação pode trazer para a saúde.
Assim, é fundamental dispor de agasalhos apropriados, que aqueçam e que mantenham a facilidade de mobilidade do jovem, indispensável à sua participação e comodidade.
As soluções passam pela utilização de camisolas interiores térmicas, de preferência de gola alta (dando protecção ao pescoço - não esquecer um cachecol) e por camisolas de fibras polares, tipo Polartec, que garantem correcta respiração, mas mantêm o calor do corpo.(Os números Polartec 100, 200 ou 300 reflectem a espessura do material, de modo a oferecer soluções ​​para os diferentes tipos de actividades. O Polartec 100 é mais fino e geralmente utilizado como uma "primeira camada". O Polartec 200 é de espessura média e é o mais popular. O Polartec 300 é utilizado apenas para actividades ao ar livre em condições de tempo extremamente frio.)
É necessário também dispor de um casaco impermeável que tem a dupla função de evitar que os agasalhos se molhem, e que o vento penetre nos agasalhos, mas permitindo manter uma respiração ajustada e saudável. Existe uma variada oferta destes casacos nas lojas de artigos desportivos.

As Mãos

Em terceiro lugar é recomendável em acampamentos levar mais que um par de luvas, não para usar em simultâneo, mas para que se possam substituir, enquanto as luvas que se molharam sequem.

A Cabeça
Finalmente a cabeça. Um gorro é indispensável, mas é necessário garantir que este protege convenientemente as orelhas. Se as orelhas não ficarem tapadas, certamente que algo vai correr mal. Os gorros de fibras sintéticas secam rapidamente em caso de tempo húmido ou nevoeiro.



Saco Cama
É importante ter em atenção a escolha de um saco cama para uso em actividades de Inverno. Na Comunidade Europeia esta escolha está muito simplificada, graças à norma europeia EN13537, que obriga à indicação de informação sobre o tipo de temperaturas exteriores suportadas pelo saco cama: - limite superior: é a mais alta temperatura que um adulto é capaz de ter para uma noite de sono confortável (sem excesso de transpiração).
- índice de conforto: é a temperatura em uma mulher é capaz de ter uma noite de sono normal e confortável.
- limite inferior: é a menor temperatura na qual um adulto é capaz de ter uma noite de sono confortável.
- índice crítico: é uma avaliação de sobrevivência de adultos. É uma avaliação extrema e não é aconselhável contar com essa classificação para o seu uso.

Outros factores importante na escolha são o tamanho do saco cama,  o posicionamento do seu fecho e o seu volume.  Existem sacos camas de diversos tamanhos para pessoas de alturas diferentes. Como um saco cama não aquece, apenas mantêm a temperatura interior e se ele for demasiado grande perde parte dessa função. Também, muitos fabricantes disponibilizam sacos camas com o fecho à direita ou à esquerda, possibilitando a escolha do lado de abertura mais conveniente. Finalmente, um saco cama muito volumoso (é mais barato), ocupa muito espaço numa mochila e pode tornar-se pouco confortável de transportar.




A Tenda
Garante que tens uma tenda impermeável. Passar frio é mau, mas passar frio molhado é perigoso! Certifica-te que tenda é ventilada durante o dia. Por mais frio que esteja lá fora, a tenda tenderá a condensar por dentro com o calor dos corpos e deverá ser ventilada para minimizar esta condensação.

Escolhe o local apropriado para a montagem da tenda, procura um local abrigado do vento, mas que receba o sol da manhã. Certifica-te que o solo não irá não empapar se chover, faz os regos ao redor da tenda para facilitar o escoamento da água.

Usa um bom isolamento térmico, que isole bem do frio que vem do chão. Usa jornais e cobertores de emergência como chão dentro da tenda, para aumentar o isolamento.
Não te feches nunca totalmente dentro do saco cama! A cara deverá ficar sempre do lado de fora, para que respirar normalmente... Mas deves fechar todos os fechos, usar uma manga térmica e um gorro na cabeça, para minimizar a perda de calor durante a noite. Dobra o fundo do saco cama se ele for muito longo.

Dorme em patrulha e faz dormir no meio da tenda quem esteja menos preparado para o frio. Tem cuidado com a roupa que usas para dormir, que não seja apertada.

E, recorda-te que um cantil pode-se encher com água quente e colocado dentro de uma meia é usável como botija.